postado por Ana Brugge28.01.2019

Na entrevista para Marie Claire, Madelaine Petsch conta que antes de conseguir o papel em Riverdale teve que lutar contra certos assuntos em sua vida.

Ao interpretar a garota malvada favorita dos fãs, Cheryl Blossom na série Riverdale, Madelaine revelou na entrevista que já lutou contra a solidão e intimidação e teve dificuldade em se encaixar em muitos lugares por conta de seus cabelos ruivos e seu sotaque sul-africano. E então, ela conseguiu o papel que disparou sua carreira na televisão.

“Foi emocionalmente difícil interpretar Cheryl, porque ela passou por tantas coisas, especialmente com a família. Seu irmão, que foi o único que a amava incondicionalmente, foi morto por seu pai, então ela está presa no purgatório com sua mãe que, como você pode ver na segunda temporada, desaprovou sua sexualidade. Isso foi incrivelmente difícil de identificar porque eu tenho uma família tão amorosa e solidária”, admite a atriz. “Dito isso, acho que toda pessoa se identifica com a solidão desse personagem. Quero dizer, aquela garota continua a passar por um período de sua vida em que ela sente que não pertence a lugar nenhum, e acho que todos podem se identificar com isso em algum momento de suas vidas. Eu definitivamente senti assim durante a maior parte da minha infância. Então eu posso me identificar com aquela parte dela que parecia muito solitária e vazia.”

Madelaine cresceu em uma pequena cidade em Washington, ela conta que foi impiedosamente intimidada por ser diferente das outras crianças ao seu redor, então aprendeu a mascarar seu sotaque sul-africano aprendendo o americano, apenas para se encaixar. Mas isso acabou quando ela se matriculou em uma escola de artes, foi quando ela começou a sentir que ela poderia finalmente ser ela mesma. Seus cabelos ruivos que já foi alvo de valentões é agora visto como uma característica bonita que a torna única. “Você sabe o que é engraçado? Eu sinto que sou o que Cheryl precisa. Me vejo como uma amiga para ela, é exatamente isso que Cheryl precisa e é por isso que me identifico muito com ela. Eu levo meu relacionamento muito a sério, e todas as minhas amizades também, e sou muito voltada para minha família. Essa é a verdadeira Madelaine.”

Antes de conseguir o papel de Cheryl, Madelaine trabalhou em três empregos diferentes apenas para pagar o aluguel, e ainda chegar a tempo para as audições. Ela era maquiadora e assistente de um fotógrafo durante o dia, trabalhava em uma cafeteria pela manhã e era recepcionista em um restaurante em Beverly Hills à noite. “Apenas nunca desista. Eu sei que todo mundo diz isso, mas sinceramente, acho que o que me ajudou a superar esse período da minha vida foi que eu teria sido realmente muito feliz trabalhando o máximo possível para perseguir meu objetivo e continuar trabalhando em três empregos para pagar meu aluguel. Isso, junto com encontrar pessoas ao seu redor que irão apoiá-lo, acreditar em você e acreditar em si mesmo. Se você acredita em si mesmo, você pode fazer qualquer coisa. Você pode ter sucesso.“

 

Tradução e adaptação: Madelaine Petsch Brasil.

 

 

deixe o seu comentário!